quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

CONCEPÇÕES prt 2



Alguns grandes bateristas transitam entre o jazz e o Pop com muita propriedade como: Vinnie Colaiuta,Dennis Chambers,Steve Smith entre outros..

Falar de Pop tanto quanto falar de Jazz requer uma cabeça aberta e conceitos flexíveis. O pop não é exatamente só o que toca nas rádios ou na MTV; e nem o Jazz é só o lendário quinteto de Miles Davis.

São conceitos que  nos levam à inúmeras referências.

Pensar como esses conceitos se aplicam no mundo baterístico nos traz à memória sonoridades diferentes dos instrumentos.

No pop quase sempre vem à mente a idéia de que os tambores são maiores e mais graves, os pratos mais brilhantes e com mais volume. Tocar pop quase sempre nos exige mais força e uma dinâmica maior. Grooves bem definidos e a forma da música exatamente igual em cada show.

Já tocar “jazz” nos transporta para uma sonoridade mais suave, pratos que soam por mais tempo, às vezes com o som dos “rivets” ou “corrrentinhas” soando junto com eles, tambores com afinação mais alta, bem mais alta! O bumbo sem abafar, o kit todo soando mais “melodicamente”.

Realmente isso tem tudo a ver, mas os conceitos se dão principalmente na forma de interpretar as músicas, a composição e a existência da improvisação.
Podemos tocar pop com um sotaque “jazzy” ou jazz meio “popeado”. Antes de qualquer coisa é necessário ouvir muito e conhecer as referências dos estilos pra poder diferenciá-los claramente.

Tocar de tudo requer ouvir de tudo. Primeiro conhecer as bases para depois querer reinventar. Nesses casos é recomendável entupir o Ipod de CDs e botar a “orêia” pra funcionar!!!

5 comentários:

Grá Esteves disse...

Aprendo tanto com vc...
bjo

Elton Ricardo disse...

Muito bom o seu post, Ramon. Tenho ouvido algumas coisas do seu trabalho atualmente e estou surpreso com seu amadurecimento.

Parabéns.

Abraço.

Ramon Montagner disse...

Gra bjoca e obrigado nega!

Ramon Montagner disse...

Oi Elton
Obrigado pelas palavras !
e parabens pelo blog!!
sempre espio lá tb!!
abração

Elton Ricardo disse...

Valeu, Ramon.

Obrigado tbm, queridão.

Vou te seguir e colocar o link do seu blog no meu.

Abração.