quinta-feira, 5 de novembro de 2009

O ESTUDO O MARKETING E A PACIENCIA




Ultimamente estive pensando o quanto é importante estudarmos diariamente, tentar melhorar a cada dia, tentar se superar e crescer como musico e instrumentista.

Qual seria a porcentagem certa de energia que deveríamos canalizar para cada item em nossa formação e direcionamento da carreira musical?

Seriam 50% estudo e esforço  e 50% marketing pessoal?

Seriam 80% estudo e esforço e 20% de bom relacionamento?

Ou seriam 50% estudo, 10% marketing e 40% paciência?

É bom lembrarmos de que um bom músico não necessariamente è um bom profissional. O bom profissional tem respeito pelo estilo musical a ser executado, pelas pessoas, pelos “chefes”, pelos compromissos e horários a serem cumpridos.

Muitas vezes excelentes músicos são péssimos profissionais e vice versa.

Na verdade isso nos leva também a outra reflexão:

Quero ser um musico acompanhante ou quero ter uma carreira solo,com um trabalho próprio?

 Bom, voltando `a reflexão das porcentagens esse assunto ainda vai render bastante...rs

Uma vez decidido querer ser um “side man” é necessário se vislumbrar como tal, agir como tal e tocar como tal.

Conhecer o estilo, a linguagem do som, se interar da sonoridade pedida e etc.

E claro que às vezes os ”canários” nos enchem a paciência!

Não sabem pedir o que querem, não sabem muitas das vezes nem explicar ou traduzir musicalmente o que querem em determinadas partes da musica .Cabe a nos traduzir, com o necessário bom humor(as vezes deficiente!!rs) os rebentos de ego, ou de “sei lá o que” para uma forma compreensível no nosso instrumento.

No fim das contas, mas ainda não resolvido o assunto, acho que a porcentagem fica por conta do bom senso e do bom humor!!

O estudo sempre será necessário e vital, uma vez que nascemos com vontade de tocar , amar e estudar a musica.O marketing, ou “ marquetinho” , como gostamos de falar no interior se faz necessário e positivo quando não vira uma doença e...a  paciência ....essa deveria ser inerente ao musico!!!





2 comentários:

jeff disse...

Poooo, filósofo hein, gostei do camentário em relação ao "marquetizinho" que vira doença. O maior sinal de quem tem essa doença é a pessoa ser assim quase o tempo todo e nem percerber mais. rsrr. Grande ramonet´s. A paz

Guilherme disse...

Na dúvida, eu nem estudo e nem faço marketinho! hehehehe Bacana o texto!