sexta-feira, 12 de março de 2010

Que meda!!!

Inaugurando essas postagens de quase auto-comiseração exacerbada quero contar uma estória real acontecida comigo a alguns anos.

Em meados de 90 ,estávamos eu e o grande baixista Gilberto de Syllos prontos pra fazer uma gig de pagode em Campinas , São Paulo, na sede Social do Bairro Vila Rica, "importante" biqueira de drogas e malandros da região.Adentramos o estabelecimento por volta das 20 hs e , juntamente com o grupo de pagode e nos deparamos com a seguinte realidade:
eu e o Giba éramos quase que os únicos "branquinhos" da área.
Deu um mega pavor mas...esperávamos nossa vez de montar os equipos(haviam outras bandas no dia..coisa de pagodeiro!!..kkkk) quando, de repente, a energia do local se acaba e a luz se apaga...risos e correria no local....
Moleques roubando salgadinhos do bar...começava a confusão...
Bom, só sei que, por volta das 6 da manhã estávamos eu e o Giba tentando convencer o contratante a pagar, pelo menos o nosso cachê de músicos acompanhantes..kkkkkkkkkkk
Claro que não recebemos esse "capilézinho"...e olha que era cansadoooooooooooo....!
Que cagada sair de casa naquele dia!!!!!!

2 comentários:

Mariana Rodrigues / Curitiba disse...

kkkkkkkk muito bom! Que meda hein?! Gostei dos pagodeiros hahaha

Bjins =*

Ramon Montagner disse...

rsrs
é a vida real...
bejão